0_87785_2ecd32f7_M

A área de Tecnologia da Informação (TI) tem fornecido cada vez mais soluções rápidas e inteligentes para facilitar o dia a dia das empresas.

Acelere sua prestação de serviços de TI e simplifique o desenvolvimento de aplicações, aproveitando PaaS em seus próprios centros de dados ou de nuvem privada.

Explore o open source voltado para a comunidade que é uma das características da Red Hat. Baixe os bits, junte-se à comunidade em crescimento e ajude a prolongar a funcionabilidade desta solução.

Uma das tendências mais fortes de 2015 para este ramo mostrou que chegou para ficar: o Open Shift. Saiba mais sobre essa tendência agora!

O que é o Open Shift

Ele é uma solução de PaaS Open Source da Red Hat. Ok, vamos por partes. PaaS é a sigla para Platform as a Service, um termo da computação que consiste no serviço de hospedagem e implementação de hardware e software, provendo aplicações por meio da internet. Assim, você não precisa instalar absolutamente nada em sua máquina, utilizando o aplicativo diretamente na rede. Vantagem para os criadores, que não precisam adequar o software para diferentes sistemas operacionais e requisitos mínimos dos computadores, e vantagem para o cliente, que não ocupa espaço do seu HD com a instalação do aplicativo. A aplicação fica armazenada na nuvem.

E é exatamente isso que o Open Shift faz. Ele permite que você possa instalar aplicativos nesta plataforma, fazendo-o rodar na nuvem, e tem suporte para diversas linguagens de programação: PHP, Java, Ruby, Phyton, Perl, Node.js, rails, cakephp, spring framework, django, tomcat, JBoss e várias outras.  E ele também é uma plataforma Open Source.

Quais as vantagens empresariais do Open Shift

Podendo interligar diversos aplicativos em uma mesma plataforma, você pode desenvolver softwares para cada departamento que processem dados importantes para aquele setor.  As informações podem ser processadas todas ao mesmo tempo, em diversas aplicações, diminuindo o tempo de análise da situação geral da empresa. Assim, quando um setor precisar da informação de outro, ela já estará ali, processada e disponível em tempo real. Só é preciso o desenvolvimento desses aplicativos.

Essa função ficou mais importante ainda depois do anúncio de união entre a Red Hat, com a empresa Cisco Systems, multinacional americana especializada em soluções para redes e comunicações. As duas em janeiro anunciaram que desenvolveriam uma forma de integrar a rede Cisco Prime à plataforma da Red Hat, oferecendo para o cliente uma gestão integrada das informações neste ambiente.

Outra vantagem é que, por esses dados estarem armazenados na nuvem e, com fácil acesso para todos, em caso de desastre tecnológico, as informações estarão salvas, pois não dependerão de um HD que possa ter se perdido, por exemplo. Assim, é possível resgatar dados antigos da empresa, e utilizá-los na nuvem para desenvolver relatórios inteligentes e integrados com os diversos setores para alavancar o crescimento do negócio.

Conte com bons fornecedores dessas e outras ferramentas

Por isso, se você está de olho em otimizar o trabalho de seus funcionários, se já percebeu que o modelo atual de mercado exige sistemas integrados de informação e que quem ainda trabalha com extrema segmentação fica para trás, procure um bom fornecedor e conte com ferramentas atuais e eficazes para otimizar a gestão de dados da sua empresa, entre elas  a plataforma Open Shift da Red Hat, que permite que você possa maximizar e otimizar o seu desempenho na empresa